Notícias

Governo do Tocantins investirá em pesquisa científica para o combate à Covid-19

02/12/2020 - Ascom SES/TO

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Superintendência de Gestão Profissional e Educação na Saúde (SGPES) e da Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde-Etsus, conseguiu recursos financeiros para fomentar a produção científica para combate à Covid-19, através de Emenda Parlamentar disponibilizada pelo Deputado Estadual Valdemar Júnior.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, o objetivo é produzir conhecimentos científicos válidos, confiáveis e acessíveis para incorporação direta pelos serviços de saúde.

A gestão operacional desta ação será realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa – FAPT, que tem expertise nesta área e já é uma grande parceira da SES-TO em editais como os do PPSUS. O presidente da FAPT, Márcio Antônio da Silveira, declara que " é uma determinação do Governador Mauro Carlesse que nós temos que maximizar esforços, otimizando recursos humanos e financeiros. Esta Emenda é muito importante e deixamos claro o agradecimento ao Parlamentar por ter esta visão. Todos os pesquisadores poderão concorrer a este Edital e pelo mérito, contribuirão com o combate à Covid-19.”

Esta ação de fomento propõe como prazo para sua concretização o período de um ano, pois devido à pandemia os serviços de saúde precisam de respaldos científicos para nortear suas ações. Com isto, faz-se necessário reduzir prazos e intensificar os esforços de instituições e pesquisadores com foco na investigação da Covid-19.

Segundo o pesquisador da Etsus, Antônio Hélio Vieira, os documentos normativos para transferência dos recursos para a SES encontram-se em fase final de elaboração e celebração do convênio com a Fundação de Amparo à Pesquisa - FAPT. “Os principais benefícios deste recurso serão a produção de conhecimentos científicos e aprofundamento da compreensão da sobre a Covid-19 no Tocantins, o estímulo à produção científica, o desenvolvimento de parcerias interinstitucionais. ”

A intenção inicial é financiar seis projetos de pesquisa, cujas condições de uso serão regulamentadas em Edital com previsão de lançamento em janeiro de 2021 e pelas legislações vigentes no Brasil para o setor de Ciência e Tecnologia.

Arquivo(s)