Notícias

Projeto de eficiência energética pode ser implantado no Estado do Tocantins

18/10/2019 - Geórgya Laranjeira Corrêa/ Governo do Tocantins

A meta dos investidores é conhecer as oportunidades e desafios do Tocantins e buscar maneiras de colaborar com suas expertises e capacidade de investimento com o governo a fim de implantar programas de energia, eficiência energética, iluminação pública, cidades e prédios inteligentes e geração de energia solar ou resíduos sólidos. A proposta está em fase de estudo de viabilidade econômica e conta com o apoio do Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapt).

“O governo por meio da Fapt, prepara um projeto de energia solar no Estado a fim de reduzir os custos da energia elétrica dos órgãos públicos, que gasta em torno de R$ 50 milhões por ano. Para isso é necessário que a implantação do projeto de energia sustentável ocorra em todo o Estado por meio de parceria público privada, explica o presidente da Fapt, Márcio Silveira.

Perfil dos investidores

As empresas internacionais, Light Tecnology, Singapura Engeneering, Hight Trend, Gussing Renewable Energy, Upside Finance, Inova – Rede Brasileira de inovação Industrial que atua com projetos estratégicos na área governamentais e privadas pretendem atingir não somente a capital mas cidades pequenas e médias do Estado.

Segundo o Gerente de Estratégias e produtos da Light Tecnology, Robson Oliveira, “o grupo é responsável por mais de 400 mil pontos de iluminação publica e telegestão em projetos importantes da China e Estados Unidos. Além de projetos de transformação de resíduos sólidos em energia da Europa e Ásia. E ainda vem colaborando também com projetos de cidades Digitais do Ministério de Ciência e Tecnologia das quais 10 cidades do Tocantins foram escolhidas”, ressaltou.