Notícias

R$ 60 milhões serão investidos no Programa de investimento em Startups Inovadoras

29/10/2020 - Geórgya Laranjeira Corrêa - Governo do Tocantins

Com o objetivo de fortalecer o Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, por meio do apoio às empresas brasileiras nascentes de base tecnológica, que possuam modelos de negócios capazes de resolver problemas, o Governo do Tocantins por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt) apoia e incentiva a participação dos empreendedores no Programa de investimento em Startups Inovadoras. A iniciativa da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública do Governo federal disponibiliza recursos financeiros para que os startups possam enfrentar com sucesso seus desafios de desenvolvimento.Os interessados devem inscrever suas propostas até 14/12/20.

O aporte financeiro total é de R$ 60 milhões, sendo R$ 1,2 milhão por startup. Já setor automotivo poderá pleitear até R$ 2,2 milhões, devido à parceria com o Programa Rota 2030. O objetivo é desenvolver toda a cadeia do setor automotivo, através do fomento a projetos inovadores de todos os níveis de maturidade tecnológica (TRL 1 a 9), financiando instituto de ciência e tecnologia e empresas com recursos não reembolsáveis, com investimento em startups e fundos de participação. 

Temas

Nesta edição, a novidade são os novos temas voltados para combate ao Covid 19, Autismo, TDAH, Déficit de Atenção, Bioeconomia, Cidades Inteligentes para Comunidades Carentes, Divulgação de Ciência nas Escolas, Queimadas e Desmatamento, Seca e Estiagens, Segurança Pública e Privada, Tratamento da Poluição e de Resíduos Sólidos, Realidade Virtual e Aumentada para Healthtech. A inclusão das novas áreas se fez necessária para atender aos desafios impostos pela epidemia do novo Coronavírus e está alinhada às prioridades temáticas incluídas na Portaria 1122 de 19 de março de 2020 do MCTI.

Além dos temas prioritários e daqueles vinculados ao Programa Rota 2030, também são passíveis de investimento por meio deste edital do Finep Startup os seguintes temas estratégicos: Agritech, Saúde Animal e Foodtech; Biotecnologia; Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Defesa; Economia Circular; Edutech; Energia Renovável e Eficiência Energética; Healthtech; Indústria 4.0 (Manufatura Avançada; Internet das Coisas (IoT); 5G; Materiais Avançados e Nanotecnologia.

Fases/ Critérios

O Processo de Seleção das empresas inscritas será composto de três etapas: 1º Avaliação de Plano de Negócios - Eliminatória e Classificatória, em que serão selecionadas até 75 empresas para a participarem da próxima etapa. 2º fase: Banca Avaliadora - Eliminatória e Classificatória, em que serão selecionadas até 25 empresas para a participarem da etapa seguinte. 3º fase: Visita Técnica - Eliminatória, em que serão definidas até 25 empresas para receberem o apoio financeiro da Finep.

Vários critérios classificatórios serão observados, como mercado e estratégias, inovação e diferenciais e empreendedor e equipe.  As empresas aprovadas na Terceira Etapa serão objeto de avaliação jurídica com a finalidade de atestar sua regularidade fiscal e jurídica. A empresa deverá encaminhar eletronicamente, todos os documentos exigidos no edital que deve ser enviado uma única vez dentro do prazo estabelecido.

Sicteg on Tocantins

O Programa de investimento em Startups Inovadoras da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), foi apresentado na 6ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi - Tocantins (Sicteg on) na mesa redonda desta quinta-feira, 29 em ambiente virtual pelo https://www.sictegon.com.br/. O tema foi explanado pelo Analista de Fomento do Finep, Kallil Langle Castro Maia, que apresentou uma palestra completa e explicativa sobre o edital. Participaram ainda, a idealizadora do evento, Adriana Terra, o Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt), Márcio Silveira e o Coordenador Técnico de empresas incubadoras da Universidade de Gurupi (Unirg), Victor de Oliveira, acadêmicos, empresários e representante do Sebrae Tocantins.

A rodada de conversa, proporcionou um debate sobre a importância da cultura empreendedora a fim de que as pessoas se tornem protagonistas de sua própria história por meio de ideias inovadoras. Desta forma o espaço foi aberto para comentários motivacionais aos acadêmicos, os quais receberam dicas dos professores. “O profissional deve ter foco no futuro, aprimorar seus conhecimentos, não ter medo para experimentar o novo, ter raciocínio sistêmico, capacidade colaboral e de resolver problemas”, pontuou Silveira. Ainda ressaltou que a Finep tem sido um grande parceiro do Tocantins no financiamento de projetos e desta forma os startups não pode perder essa oportunidade de participar do edital.

“Temos valorizado e contribuído com estratégias de inovação como a interação de atores do ecossistema de inovação, como universidades, institutos de ciência e tecnologia, Fundação de Amparo à Pesquisa, incubadoras, aceleradoras e redes de investidores”, relatou Castro, Analista da Finep.

Conceito de Startups

Refere à empresa de base tecnológica, com alto potencial de crescimento e retorno, inovadora, flexível e ágil, que trabalha em condições de incerteza e que possui modelo de negócios em qualquer área ou ramo de atividade, repetível e escalável, capaz de resolver um problema real. Para concorrer, os startups precisam estar realizando as primeiras vendas, desta forma não se enquadram propostas em fase de ideia ou pesquisa. Pois o objetivo é impulsionar empresas de base tecnológica em fase final de desenvolvimento de produto ou que precisem ganhar escala de produção, com viabilidade comercial comprovada. Desta forma o interessado deve demonstrar conhecimento de mercado e da demanda de clientes.

Saiba mais: 

 https://finepstartup.finep.gov.br/finepstartup/view/externo/home.finep

https://fapt.to.gov.br/editais/editais-externos/